[INFOGRAPHIC]7 dicas para escolher uma plataforma de streaming de vídeo

 

A escolha de um fornecedor de serviços de transmissão de vídeo em direto pode ser confusa – existem cerca de um milhão de funcionalidades diferentes disponíveis e dezenas de fornecedores diferentes.

Então, como é que se pode restringir as coisas e fazer a escolha certa?

Não se preocupe, porque estamos aqui para o ajudar. Para o orientar neste processo, elaborámos esta excelente infografia: 7 dicas para escolher uma plataforma de streaming de vídeo. Este gráfico apresenta um conjunto simples de sete perguntas e considerações que o ajudarão a escolher o serviço certo para si.

Clique abaixo para aceder diretamente a esta infografia!

7 dicas para escolher uma plataforma de streaming de vídeo - CTA

Em jeito de resumo, passemos em revista os principais pontos apresentados na infografia.

1. Considere os seus objectivos

Cada utilizador de vídeo em direto tem um objetivo diferente em mente. Alguns querem ganhar dinheiro, enquanto outros querem ver o maior número possível de pessoas no seu conteúdo. Seja qual for o seu objetivo, certifique-se de que está claramente definido. Isto ajudá-lo-á muito a identificar as suas necessidades.

2. Avalie as suas necessidades

As suas necessidades emergem dos seus objectivos. Por exemplo, se a monetização for importante para si, precisará de uma plataforma que suporte pagamentos robustos. Se o controlo sobre o conteúdo e o licenciamento for um fator importante para si, poderá querer evitar plataformas gratuitas como o YouTube Live. Nesta fase, faça uma lista das suas necessidades específicas. No entanto, ainda não é necessário ser demasiado específico.

3. Determinar o seu orçamento

O dinheiro desempenha um papel importante em qualquer decisão. No entanto, a transmissão de vídeo em direto é mais acessível do que nunca. Existe um plano e um prestador de serviços para cada orçamento. Nesta fase, vale a pena definir um custo máximo mensal (ou por evento) que está disposto a pagar.

4. Pensar no futuro

Por vezes, as plantas em vaso crescem mais do que o seu invólucro e precisam de ser replantadas. Por isso, o ideal é plantá-las num vaso grande que lhes dê espaço para crescer. O mesmo acontece com o streaming de vídeo. Pense nas características que poderá querer no futuro se tiver muito sucesso. Certifique-se de que todas as plataformas que considerar lhe dão a margem de manobra necessária para se expandir no futuro.

5. Utilize o teste gratuito!

Basicamente, todos os alojamentos de vídeo em direto online têm uma versão de avaliação gratuita disponível. Utilize-os! Experimente as diferentes plataformas e veja o que lhe parece mais natural. Do que é que gosta? Que plataformas são confusas? Como é a rede de apoio? Tire partido da avaliação gratuita para tomar uma decisão informada.

6. Considere qual a plataforma mais adequada para si

Na Dacast, adoramos o modelo Job to Be Done (JTBD). Essencialmente, é uma forma diferente de olhar para um serviço. Quando se compra um serviço, está-se a comprar algo para fazer um trabalho por nós. Talvez esse trabalho seja transmitir vídeo para uma audiência em direto. Talvez seja para aumentar o seu público. Talvez seja para ser fácil de utilizar. Pense no trabalho que está realmente a contratar um anfitrião de transmissão de vídeo em direto para fazer por si. Depois, volte a analisar cada prestador de serviços e escolha aquele que foi feito para resolver problemas como o seu.

7. Começar a trabalhar!

Não se preocupe em perder muito tempo a considerar um milhão de características diferentes. No final, o melhor é começar. Escolha uma plataforma e comece a avançar. Pode sempre mudar mais tarde. Ao experimentar a transmissão em direto, aprenderá a tirar partido desta fantástica tecnologia para o ajudar a atingir os objectivos delineados no primeiro passo.

7-dicas-ao-escolher-uma-plataforma-de-streaming-de-vídeo

Max Wilbert

Max Wilbert is a passionate writer, live streaming practitioner, and has strong expertise in the video streaming industry.

-->